terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Livro: A Torre Negra.

Olá, aventureiros!
Hoje falaremos sobre uma série literária de fantasia feita pelo mestre do terror!
A Torre Negra:

A Torre Negra é uma série literária escrita por Stephen King. Misturando ficção científica, fantasia e terror numa narrativa que forma um verdadeiro mosaico da cultura popular contemporânea, o enredo segue um pistoleiro e sua busca em direção a uma torre, cuja natureza é tanto física quanto metafórica.
A saga é inspirada no universo imaginário de J.R.R. Tolkien, no poema épico do século XIX "Childe Roland à Torre Negra Chegou" escrito por Robert Browning, e repleta de referências à cultura pop, às Lendas Arturianas e ao faroeste.
Em 2012, foi lançado um oitavo livro da série, intitulado "O Vento Pela Fechadura".

Texto livre de spoiler.

Livro 1 - O Pistoleiro:

"O Pistoleiro" apresenta ao leitor o fascinante personagem de Roland Deschain, último descendente do clã de Gilead, e derradeiro representante de uma linhagem de implacáveis pistoleiros desaparecida desde que o Mundo Médio onde viviam "seguiu adiante". Para evitar a completa destruição desse mundo já vazio e moribundo, Roland precisa alcançar a Torre Negra, eixo do qual depende todo o tempo e todo o espaço, e verdadeira obsessão para Roland, seu Cálice Sagrado, sua única razão de viver. O pistoleiro acredita que um misterioso personagem, a quem se refere como o homem de preto, conhece e pode revelar segredos capazes de ajudá- lo em sua busca pela Torre Negra, e por isso o persegue sem descanso. Pelo caminho, encontra pessoas que pertencem a seu ka-tet - ou seja, cujo destino está irremediavelmente ligado ao seu. Entre eles estão Alice, uma mulher que Roland encontra na desolada cidade de Tull, e Jake Chambers, um menino que foi transportado para o mundo de Roland depois de morrer em circunstâncias trágicas na Nova York de 1977. Mas o pistoleiro não conseguirá chegar sozinho ao fim da jornada que lhe foi predestinada. Na verdade, sua aventura se estenderá para outros mundos muito além do Mundo Médio, levando-o a realidades que ele jamais sonhara existir."

Comentários: Quando Stephen King escreveu ele tinha apenas 19 anos, mas não se deixe enganar, o livro foi muito bem escrito. Um livro mediano, mas muito bom pra passar o tempo. Este livro apresenta uma das melhores entradas já vistas: "O homem de preto fugia pelo deserto e o pistoleiro ia atrás."

Livro 2 - A Escolha dos Três:

"Segundo volume da série, lança o protagonista Roland de Gilead em pleno século XX, à medida que ele se aproxima cada vez mais de sua preciosa Torre Negra, sede de todo o tempo e de todo o espaço. Um derradeiro confronto com o homem de preto revela a Roland, nas cartas de um baralho de tarô, aqueles que deverão ajudá-lo em sua busca pela Torre Negra: o Prisioneiro, a Dama das Sombras e a Morte. Para encontrá-los, o último pistoleiro precisará atravessar três intrigantes portas que se erguem na deserta e interminável praia do mar Ocidental. São portas que o levam a um mundo diferente do seu, em outro tempo, de onde ele deverá trazer seus escolhidos: A primeira porta o leva à Nova York dos anos 1980 e a Eddie Dean um viciado em heroína;. A segunda transporta o pistoleiro à mesma cidade, mas dessa vez na década de 1960. A Dama das Sombras que Roland encontra atrás dessa segunda porta é Odetta Holmes uma bela jovem negra que perdeu as pernas em um medonho acidente e sofre de misteriosos lapsos de memória;. Com o terceiro escolhido, A Morte, as cartas tornam a se embaralhar e a busca de Roland pela Torre Negra sofre uma nova e imprevisível reviravolta."

Comentários: Excelente livro! Empolgante e intrigante, é daqueles que você só larga depois de ter lido até o fim!

Livro 3 - As Terras Devastadas:

Roland, o último pistoleiro, se aproxima ainda mais da Torre Negra de seus sonhos e pesadelos - Atravessando um deserto amaldiçoado em um mundo macabro que é uma imagem distorcida do nosso próprio mundo.

Comentários: Este deixou a desejar. Necessário para a história, mas não empolga tanto. E o final é bem fraquinho.



Livro 4 - Mago e Vidro:

Novos perigos ameaçam o destino de Roland. Mago e Vidro retoma a eletrizante narrativa interrompida em As Terras Devastadas. Depois de enfrentar a terrível ameaça do monotrilho Blaine, o último pistoleiro e seus seguidores desembarcam na cidade de Topeka, no Kansas, e retomam o caminho do Feixe de Luz que conduz à Torre Negra. Roland revela então aos companheiros a história de seu passado, e a trágica perda de seu grande amor de juventude, a bela Susan Delgado.

Comentários: Na minha opinião é o melhor da série! A maior parte do livro retrata o passado do pistoleiro, uma bela história. Referências gigantescas ao Mágico de Oz.



Livro 5 - Lobos de Calla:

Roland e seu Ka-tet retomam o caminho do Feixe de Luz que conduz à Torre Negra, centro de todo tempo e todo espaço. No trajeto, se deparam com os "lobos" que ameaçam a cidade de Calla Bryn Sturgis.

Comentários: Enfadonho. Nesse livro aparece de tudo. Achei mal feito e grande parte dele desnecessário. Os lobos em si só aparecem no fim do livro e quando você ver já foi, mas deveria ser o principal. Neste livro há referencia ao Harry Potter. Sabe o pomo de ouro? Aqui ele é uma arma.



Livro 6 - A Canção de Susannah:

É muito mais do que uma eletrizante história de vigoroso suspense. Também é uma revelação - e uma chave fascinante para o desenrolar do mistério da Torre Negra. O grupo de Roland sofre as consequências de luta combatida há algum tempo.

Comentários: Livro bom. Bem curto se comparado ao restante da série. O destaque fica para a aparição do próprio Stephen King! O autor sofreu um sério acidente e ficou entre a vida e a morte na vida real e, aparentemente, achou interessante colocar esse fato na história, afinal esta é a grande obra da vida de Stephen King.


Livro 7 - A Torre Negra:



Enfim, a conclusão. Todas as perguntas serão respondidas, afinal, o Ka é uma roda com o único propósito de girar.

Comentários: Livro também mediano. Fiquei imaginando diversos finais para a história e para os personagens. A medida que as coisas foram passando, fui achando mais ou menos e com medo de me sentir decepcionado com o fim. Quando acabou achei simplesmente genial. O final tinha que ser com foi. Afinal o Ka é uma roda. Este livro me fez perceber que valeu a pena ter acompanhado esta série!




Histórias de A Torre Negra - O Vento Pela Fechadura:

Em “O vento pela fechadura”, Stephen King retorna ao Mundo Médio, cenário da “A Torre Negra”. O novo livro encaixa mais uma peça no vasto quebra-cabeças que cerca a saga, oferecendo lendas e histórias fantásticas de Gilead, ao mesmo tempo em que investiga o passado doloroso do pistoleiro Roland Deschain. No meio do caminho entre o Palácio Verde e Calla, o pistoleiro Roland Deschain e seu ka-tet — Jake, Susannah, Eddie e Oi, o trapalhão — são obrigados a acampar numa cidade fantasma. Caso contrário, seriam congelados com a chegada súbita e mortal de uma borrasca, tempestade única ao Mundo Médio. Para afastar o tédio da espera, Roland distrai o grupo com uma história de seu passado. Porém, no centro dessa lembrança, o jovem Roland, do passado, também narra uma fábula de sua infância, registrada em seu livro favorito: “O vento pela fechadura”. A lenda do menino Tim e suas aventuras em busca do mago Maerlyn acabam revelando muitas verdades sobre Gilead, o Mundo Médio e o Pistoleiro.

Comentários: Adorei o livro! Apesar de King definir o livro como "volume 4.5" não é muito importante para a história narrada na série. Entretanto foi um prazer poder rever Roland e seu Ka-Tet! A princípio fiquei meio decepcionado com a história contada pelo jovem pistoleiro, mas acabou ficando muito boa!


Comentários gerais sobre a série: Apesar de não tão famosa como as de Tolkien e nem tão idolatrada como a de Harry Potter, esta série é muito boa. De verdade. O mundo médio foi muito bem montado, os personagens são extremamente cativantes. O conceito de destino pregado em cada livro te leva a um final que não poderia ser diferente. Quando acaba você fica com aquele vazio, sem saber o que fazer da vida.
Uma série que levou 30 anos para ser escrita e que ainda rende frutos, vide o novo livro: "O Vento Pela Fechadura". Diversas referências como Harry Potter, As Lendas do Rei Arthur, O Mágico de Oz, a obras e vida do próprio autor, junto com a aparição de robôs, magia e a viagens no tempo e nos mundos, fazem dessa obra complexa e extraordinária.
“Vá então. Há muitos mundos além deste”.

OS DRAGÕES DE FOGO RECOMENDA A TORRE NEGRA!

Compartilhe este blog com vosso ka-tet, sai!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

4 comentários:

  1. Parei na A Escolha dos Três, estou meio frustrada com essa série confesso. Enquanto eu estava lendo era bem difícil e eu não tinha muita vontade, não estou conseguindo ver muito do King nesses livros, maaaaaas esse segundo foi definitivamente melhor que o primeiro, em questão de construção da história e tal, vou continuar a ler, quando sair na minha TBR Jar HEIHEIUEHUI, mas não sei, não estou muito esperançosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei frustrado com a partir do quinto. Só fui gostar de novo lá no finzinho da série,mas em geral até que gostei da história!
      Te digo para ficar assim mesmo: Com baixas expectativas.
      Não se parece muito com os livros do King mesmo, mas tem um pouco dele por lá!
      =D

      Excluir
    2. Eu vou continuar com certeza, até porque, apesar de eu estar meio assim com a história, as capas me instigam muito.. Talvez as melhores capas da minha estante.
      Estou com medo de sortear o terceiro, é um tolete mesmo HUEIHEUIE Qual foi o melhor na sua opinião?

      Excluir
    3. AUHAUHAUAHUHA Vai baixando as expectativas por que, pra mim, o melhor é segundo mesmo!!!
      Na verdade, gosto mais do quarto, mas ele basicamente sobre o passado de Roland, logo não quase contribui diretamente com a história.

      Excluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!