quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Música: Bandas Nacionais e Desconhecidas.

Olá, aventureiros!
Hoje falaremos sobre músicas!

Existem muitas bandas boas no cenário de rock e metal no Brasil, apesar do baixo público e incentivo. Fiz então uma lista com 3 bandas que gosto muito e acho que deveriam ter sido mais valorizadas.

Theoria de Allice: Banda de Post-Hardcore/Metalcore do estado de São Paulo, formada no início de 2012. Com melódicos marcantes, riffs pesados, e com berros com incrível sentimento nas letras. Theoria de Allice é formada por : Elaine Correa (Vocal), Matheus Coleredger (Berros), Thais Marques (Baixo), João Koala Maia (Guitarra), Pedro Cortopassi (Guitarra) e Edmilson Cruz (Bateria).
Canal no Youtube
Soundcloud

Banda nova, conheci pelo youtube e achei sensacional!



Soulstripper: O Soulstripper foi formado em 2005, em Piracicaba, pequena cidade do interior paulista. O trio toca um rock & roll despretensioso e muito divertido. Com duas guitarras e uma bateria, o som remete a vários estilos de rock de ontem e hoje, sempre com um pezinho no rock clássico. Dá pra perceber claras influências de blues e Jovem Guarda em suas canções. Mas foi de uma música do australiano AC/DC, do lendário guitarrista Angus Young, que foi tirada o nome da banda. Além das músicas animadas e dos solinhos e riffs deliciosos, o mais legal na Soulstripper, são as letras das "músicas de amor". Descaradas, fofas, divertidas, atrevidas e muito caras de pau. O que dizer de versos do tipo "não te traí tanto assim, é exagero terminar" e de nomes de músicas como "Eu não trocaria um sorvete de flocos por você"? A matéria-prima das letras são as garotas e todos os problemas que vêm com elas, que dá nome ao primeiro CD do grupo. A banda já gravou um CD e dois EPs, participou de programas de TV e rádio, foi entrevistada por mídias como Record e Globo, além de ter concorrido ao VMB 2012 (premiação da MTV Brasil) como aposta MTV. Usando as redes sociais como aliada, eles disponibilizam todas as suas músicas de graça na internet.
Site oficial
Canal noYoutube
Soundcloud

Infelizmente a banda acabou! Mas mesmo assim vale a pena conhecer o trabalho deles. Uma das minhas favoritas:



Ponto Nulo No Céu: Nasce no início de 2007 a Ponto Nulo no Céu, banda de metalcore Catarinense formada por Dijjy, Vinícius, Júlio e Henrique. No meio do mesmo ano a banda entra em fase de composição resultando em suas primeiras músicas chamadas “Fim do Dia” e “O Sangue Que Te Cega”, gravadas e disponibilizadas de forma demo na internet. Daí pra frente o projeto se consolida de tal maneira que os membros passam a encarar a banda de forma mais séria.
As composições continuaram e no início de 2008 estavam prontos para começar gravar suas primeiras composições em forma de E.P. Sendo uma banda underground independente e distante dos bons centros de música alternativa, muita dificuldade foi encontrada pelo caminho, porém, movidos pela vontade de mostrar seu trabalho, estes quatro guerreiros conseguem apresentar um material de nível nacional em seu primeiro trabalho chamado de “Ciclo Interminável”.
Cercado de letras profundas que expressam sentimentos de desgosto em relação ao mundo em que vivemos, este trabalho não entrega ao ouvinte apenas os problemas de um planeta em decadência, mas busca fazer com que as pessoas arranquem as forças necessárias de si próprias para lutarem, enfrentarem os obstáculos da vida e se tornarem vencedoras de seus próprios desafios.
Em meados de 2009 a banda se apresenta por vários estados nacionais, em alguns festivais já consagrados no meio underground e logo depois lança a single “Na Sombra do Ego”.
Canal no Youtube
Soundcloud

Infelizmente esta banda também chegou ao fim!


Como vocês puderam ver são poucas as bandas que conseguem sucesso. Vejo muitos por aí idolatrando "artistas" que se dizem músicos. Vejo também muitos criticando essa alienação da mídia. Mas não vejo ninguém buscando bandas novas. Quer dizer que o Rock nacional vai morrer com o Capital Inicial e os Titãs? Matanza foi o último suspiro do cenário?
Vejo muitos dizendo: "Ah, funk é uma bosta, vai ouvir Iron Maiden!". Não discordo, mas acho que devemos tentar buscar algumas bandas nacionais novas também. O som do Iron vai ser eterno, não duvido disso, mas a banda não e isso significa mais axé em um Rock in Rio futuro. Já vi vaias à banda Glória e xingamentos à Kiara Rocks em shows para o Rock In Rio. Não sou muito fã mas é o que está representando o Brasil agora, se não for eles que vai ser? Por isso precisamos achar novas bandas e dar valor a elas. Dar valor para que no futuro não vivamos apenas do passado. Fica aqui o meu apelo.

Comente e compartilhe este blog, nobre companheiro!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!