quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Série: Camelot.

Olá, aventureiros!
Hoje faremos uma crítica ao seriado Camelot:





Sinopse: Filmada na Irlanda, “Camelot” é uma adaptação de Chris Chibnall do livro “A Morte do Rei Arthur”,  de Thomas Malory. A série é estrelada por Jamie Campbell Bower, Joseph Fiennes, Eva Green, Tamsin Egerton, Claire Forlani e Peter Mooney, entre outros. 
Com a morte súbita do Rei Uther, o caos ameaça engolir a Grã-Bretanha. Quando o mago Merlin tem visões de um futuro sombrio, ele ajuda o jovem e impetuoso Arthur, um jovem que desde o nascimento é criado como um plebeu e que tem total desconhecimento de sua linhagem real, para tomar a coroa. Mas a fria e meticulosa meia-irmã de Arthur vai lutar até o fim, convocando as forças não naturais para reivindicar a coroa nesta batalha épica pelo controle.





Este texto é livre de spoilers!

Sempre gostei das lendas Arturianas,por isso fiquei com receio de assistir a série. Depois, fiquei sabendo que a mesma foi cancelada ainda na primeira temporada. Um dia, não tinha anda para assistir, a internet não estava funcionando, e aí pensei: Já que não há nada para fazer vou assisti-la! 
O começo me surpreendeu (não de um jeito bom), mostrou um Artur juvenil e inconsequente. Um Merlin bem diferente do que se espera, extremamente perturbado pela sua magia. Não empolgou, mas como só há 10 episódios resolvi ver até o fim. Não me arrependo, mas essas horas poderiam ter sido melhores aproveitadas.
Duas coisas que eu gostei na série é que ela foi muito bem produzida, parece uma grande produção hollywoodiana! E a outra é Eva Green! Excelente no papel de Morgana, a meia-irmã de Artur.
A série mostra a consolidação do castelo de Camelot, como centro do poder e de Artur, como Rei.
Pra que é fã das lendas, leu Bernard Cornwell ou As Brumas de Avalon, vai odiar a série. Pra quem conhece apenas alguns pequenos fatos, pode até curtir.
Vamos aos fatos: A série é cheia de furos, alguns personagens tomam atitudes inexplicáveis, ou coisas acontecem sem explicação (Talvez se explicasse nas próximas temporadas, vai saber). As atuações são de medianas a péssimas,  apenas poucos se salvam, como a participação de James Purefoy, como Rei Lot. Quem conhece a lenda, sabe do triangulo amoroso entre, Artur, Guinevere e Lancelot. Na série não há Lancelot, Guinevere é casada com o soldado e amigo de Artur, Leonte. Obviamente, Guinevere, no fim, ficará com Artur, fazendo de Leonte andar com um alvo pintado nas costas.
O fim da temporada é boa, mas não é uma conclusão, tudo fica em aberto.
As cenas de batalha são bem feitas, mas não dá muita emoção.
Enfim, se você gosta de séries épicas, com batalhas e magias e não se importa com uma repaginada nas lendas de Artur, nem com uma história superficial, provavelmente irá aproveitar a série. Agora se você gosta de algo mais sombrio e profundo e não gosta de adaptações moderninhas, prezando pelo clássico, passe bem longe de Camelot.

Infelizmente,

OS DRAGÕES DE FOGO NÃO RECOMENDA CAMELOT.



Vamos à nota, de 0 a 5:

Personagens: Alguns são bons, mas mal interpretados. Eva Green como Morgana está excelente, mas Guinevere, Artur, Merlin estão bem fraquinhos e não há aprofundamento nos cavaleiros que seguem Artur, popularmente conhecidos como Cavaleiros da Távola Redonda. Vou dar meio ponto só por causa da Eva Green e daquela freira maldita! Meio ponto!

História Consistente e Roteiro: Não cara, inimigos se encontram e não lutam, Artur e Merlin andam sozinhos como se não corressem perigo, Artur tem uma visão como se fosse um mago e tudo ficou em aberto com o cancelamento da série. Não se sabe nada sobre o Lobo que aparece para Morgana, por exemplo.

Início: Não gostei. Sem ritmo e muito coisa acontecendo ao mesmo tempo.

Término: É bom. É aquele clássico em que um guerreiro amigo morre e todos ficam tristes, os vilões são punidos e tudo fica bem. Acontece que Morgana busca por vingança e ainda almeja a coroa. Acaba assim, ela dando um passo chocante em seu novo plano. Um ponto, vai!

Trilha sonora: Mediana, sem nada de especial, mas não deixa a desejar. Meio ponto!

Dragão: Não tem! Se tivesse, salvava a série! Certeza!

Portanto, apenas 2 copinhos de Hidromel para Camelot!

Lembrando que essa é apenas uma opinião minha e não tenho intenção de ofender fãs da série!

Compartilhe este blog com vossos amigos, nobre cavaleiro!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. #CHATEADA!!!

    Vim procurar algo pra assistir enquanto adquiro os epis de Supernatural e vejo issoooo, me empolguei e desempolguei logo em seguida! aushuahshauhusa :v

    Quero ir pra Irlanda, já que não dá pra pagar a viagem (ainda hahaha), as séries são uma ótima opção! Não acredito que é fizeram isso com Arthur, dá para se trabalhar tanto com a lenda e tudo que o envolve, que fazer isso porcamente é uma ofensa aos cavaleiros da Távola Redonda!!

    Se tivesse um dragão, com certeza, salvava a Série!! hahahaha

    EntreLinhas

    Fantásticas
    | SORTEIO

    250 SEGUIDORES! PARTICIPE :)


    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!