terça-feira, 18 de março de 2014

Livro: Os Primeiros Dias - Scott Westerfeld.

Olá, aventureiros!
O papo é livro!

Vampiros em Nova York: Os Primeiros Dias (versão lida):

Título Original: Peeps
Autor: Scott Westerfeld
Edição: 1
ISBN: 8501076937
Editora: Record
Ano: 2008
Publicação Original: 2005
Páginas: 334
Tradutor: Rodrigo Chia
Sinopse: Após passar uma noite com uma misteriosa mulher, Cal Thompson é infectado por um parasita. Mas ele se torna apenas um portador do vírus. Ganha visão noturna, olfato aguçado, força e agilidade, mas fica livre de se tornar um peep - criatura terrível mais conhecida como vampiro.

Este texto é livre de spoiler!

Antes de tudo, vamos deixar uma coisa bem clara: este livro NÃO é uma história sobre vampiros. Se você ama aquelas histórias com morcegos, dentes afiados e capas: não leia este livro. Se você adora aquelas histórias de mordidas na jugular extraindo todo o sangue de um corpo até deixá-lo cadavérico ou aquelas com o caçador, seu colar de alho e sua inseparável estaca esperando o momento certo para atravessar o peito de um demônio: NÃO LEIA ESTE LIVRO. Agora, se você até gosta disso mas tem a mente aberta, não liga para uma releitura de um antigo mito, então leia este livro.

Os Primeiros Dias narra a história de um garoto chamado Cal que, após infectado, tornou-se um portador de um parasita. Este parasita dá algumas habilidades aos portadores, como visão noturna, uma força maior, um olfato invejável, entre outras característica muito atribuídas aos famigerados vampiros. Acontece que nem todos os infectados tem essa "sorte". Alguns se tornam criaturas horripilantes.

O livro tem uma história diferente e original, uma nova visão ao antigo mito dos vampiros. Aqui, na verdade, a obra explica a origem de vários mitos (não vou dar detalhes: spoilers). Aqui, o que difere, é a visão biológica das coisas. Aqui tudo procura uma explicação cientificamente plausível, ainda que contando com um belo pedaço de ficção.
Gostei muito da história. Ao ler o livro, me deparei com uma história de mistério, não de terror.
A história também conta com um romance entre personagens, mas não é o foco. Fica muito em segundo plano, fazendo com que a trama se desenrole de forma bem fluida.

A história começa meio sem ritmo. Vai apresentando os personagens, vai explicando as características daquele mundo (ainda que seja o mesmo que o nosso há seres e instituições diferentes). Depois de várias páginas a história engrena e o leitor passa a entender sobre o que é aquela história e o que na verdade são os peeps (vampiros).
Cal e Lance, os personagens principais, são comuns, sem muito de diferente nem muito aprofundamento nas personalidades de cada um.

Os capítulos do livro vão intercalando entre um capítulo narrando a história e outro explicando um tipo de parasita. Cada um, um parasita diferente. O genial é que não é aleatório nem sem propósito. As descrições fazem com que você entenda melhor o funcionamento e a conclusão da trama. Além disso você acaba aprendendo um pouco mais de biologia!

O fim do livro é sem muita empolgação. O que achei legal foi a resolução do mistério. Sabe aquela clássica forma de terminar uma história , em que um personagem aparece e revela tudo para o mocinho? É mais ou menos o que acontece aqui. Mas feito de forma competente. E não é que o mistério se resolve assim. Parte dele se resolve assim. O resto, que é o principal, os personagens acabam resolvendo por mérito.
O final do livro é uma resolução na história dos personagens e não na história em si. Fica coisas em aberto. Geralmente, em livros com vampiros, há uma resolução em que os vampiros são destruídos e a humanidade fica em paz. Não tem nada disso aqui, a "grande luta" que aconteceria numa história dessa fica mais adiante nos acontecimentos do livro. Acontece que o livro tem uma continuação, mas não foca nos mesmos personagens, apenas no mesmo mundo. Portanto a história acaba aí mesmo. Vi diversas reclamações sobre esse fim. Acontece que é um bom fim. A história acaba como tem que acabar, deixando a pergunta: a humanidade vai sobreviver aos "vampiros" e seus parasitas? Como eu disse não importa. A trama é sobre Cal e Lance, investigando os mistérios dos gatos, ratos, peeps diferentes, a Patrulha da Noite e Morgan Ryder. Tudo isso é resolvido e explicado.

A escrita é um pouco complicada, é preciso ler com muita atenção. Depois, pensar se você entendeu o que leu. Pronto.
As descrições de algumas coisas ou de algumas ações são meio confusas, como quando Cal escala e invade uma casa. Essa parte é meio confusa.
Outra coisa: vejo muitos reclamarem sobre não entender as diferenças entre as linhagens ou a relação parasita/verme. Vou dizer de novo: A escrita é um pouco complicada, é preciso ler com muita atenção. Depois, pensar se você entendeu o que leu. Pronto.
As explicações estão todas no livro. Ainda que um pouco confusas.

Enfim, o livro é bom, diferente e original. Não tem muito aprofundamento nos personagens, mas não prejudica o livro. A história é boa e tem uma resolução boa, ainda que não seja de fato o fim.

OS DRAGÕES DE FOGO RECOMENDA OS PRIMEIROS DIAS!

Vamos à nota, de 0 a 5:

Personagens: São bons, mas sem muitas peculiaridades, sem muito aprofundamento. O autor poderia ter aprofundado um pouquinho mais nos pensamentos, desejos e anseios dos outros personagens, acontece que fica difícil, já que o narrador é o Cal. Um ponto!

História: Boa, bem criativa. Um ponto!

Escrita: As vezes confusa, mas não chega a incomodar. O modo de intercalar capítulos sobre parasitas ficou bom. Meio ponto!

Início: Razoável. Começa com Cal numa caçada. Meio clichê. Meio ponto!

Desfecho: Eu gostei bastante, senti que foi como deveria ser. Um ponto!

Então, 4 Canecas de Hidromel para Os Primeiros Dias!

Leia sobre o livro OS ÚLTIMOS DIAS, continuação deste livro, clicando aqui!

Para mais livros, clique aqui.

Não esqueça de compartilhar este blog com vossos amigos, nobre navegante!
Aproveite e curta nossa recém-criada página no facebook!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

6 comentários:

  1. "Se você adora aquelas histórias de mordidas na jugular extraindo todo o sangue de um corpo até deixá-lo cadavérico (...) NÃO LEIA ESSE LIVRO" - Haheuaheuaehaueha
    Adorei a premissa da história! Eu gosto de histórias de vampiros, desde Anne Rice e sua imbatível Crônicas Vampirescas. Ainda gosto da ideia de vampiros sombrios, agoniados por sua longa existência e pela solidão, como ela descreve.
    Existem várias teorias médicas antigas (mas tipo, antigas mesmo!) em que a existência dos vampiros também são consideradas decorrente de vírus, depois da uma olhada nesse link: http://rmmg.org/artigo/detalhes/416
    (achei o link quando estava pesquisando sobre um trabalho, tecnicamente deveria estar estudando, mas né. Hahaha)
    Me interessei muito pelo livro! Só quero dar um tempo maior de fantasias por agora, estou numa vibe meio clássicos, sabe-se lá porque.
    Adorei a resenha! Adoro quando não contam spoilers :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mari!!
      Fico feliz que tenha gostado!!!
      Eu também gosto dos clássicos vampiros e seus super caninos!
      Vou dar uma olhada no artigo, valeu!
      Eu recomendo fortemente que leia o livro, é algo bem diferente!
      ;)

      Excluir
  2. Olá :DDDDDD
    Eu estou frustrada comigo mesma por não conhecer esse livro porque eu amo Scott Westerfeld, tipo muito *-* E eu estou procurando ler todos os livros, bom, só li a série Feios, Leviatã e estou com Beemote aqui, mas gosto dessa série. Enfim, gostei do história, vou tentar adquiri-lo :B

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oee!
      Recomendo fortemente que leia! Vampiros em Nova York são apenas dois livros com histórias quase independentes.
      Comigo foi ao contrário: Só conheci Scott por causa desse livro!
      Agora tô muito afim de ler Leviatã!
      =D

      Excluir
    2. Senhorr, fui procurar pra comprar e que dor na alma e no bolso HAHA
      Piaa, Leviatã é show, recomendo muito, sem contar a edição maravilhosa, cheia de ilustrações espetaculares. Quando tiver a oportunidade leia.

      Excluir
    3. AHUAHAUHAAUH É caro mesmo =/
      Vou ler sim!!! Só preciso juntar um dinheiro antes!

      Excluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!