quarta-feira, 16 de julho de 2014

Cuspindo Fogo #4: Condicionamento Musical

Olá, aventureiros!
Hoje temos Cuspindo Fogo, onde exponho minha opinião sem ninguém ter pedido!
Vamos bater um papo sobre música!

Já fiz um Cuspindo Fogo falando de música, mas agora gostaria de mudar o foco.

As pessoas que, assim como eu, gostam muito de ouvir músicas, acabam se deparando com músicas repetitivas por aí. E essas músicas acabam sendo tocadas várias e várias vezes, onde quer que você esteja, e você acaba ouvindo, querendo ou não. Por exemplo, se eu falar "PREPARA!" vai tocar uma música aí na sua cabeça, você gostando ou não.
Isso me incomoda bastante, mas eu tenho uma técnica para combater este mal!

ANTIGA TÉCNICA MILENAR DE COMBATE À LAVAGEM CEREBRAL POR MÚSICAS QUE TOCAM POR AÍ E VOCÊ ACABA DECORANDO A LETRA MESMO SEM QUERER!

Graças à internet, hoje temos acesso a tudo quanto é tipo de coisas. Entre elas, podemos citar as paródias no youtube. Sim, paródias.
Quando eu escutava a palavra "prepara", tocava Anitta na minha mente, mas graças à paródia no youtube, eu escuto:

"Prepara, que agora é hora do show dos metaleiros, que quebram a guitarra, balançam os cabelos. Só de camiseta preta eu sou seu pesadelo e tu fica de cara quando solo. Prepara!"

E tocam guitarras nervosas acompanhando essa letra.


Então, eu faço uma auto lavagem cerebral antes que alguém faça. Eu sei cantar éguinha pocotó até hoje pois não fazia uso dessa técnica. Hoje, não sei a letra de Lepo Lepo, por exemplo, nem a melodia, mas sei o nome e sei que existe, graças às redes sociais.

As vezes, acontece a repetição de uma música nas variadas mídias. Lembro que teve uma época que toda vez que eu ligava o rádio tocava "Vagalumes", da banda Pollo, sabe qual é? Sim, você sabe.
Sorte que há as paródias. Quando toca essa música, já canto o refrão junto:
"Vou catar mais de um milhão, de vagabundas por aí!"


A mensagem que eu estou tentando passar é a seguinte: Eu não me importo com o que você ouve, mas não me faça ouvir junto. 
Eu não gosto de várias músicas que acabo ouvindo quando vou em um bar, ou ligo a TV. O problema é que não é uma única vez que isso acontece. Já perdi as contas de quantas vezes liguei a TV e acabei ouvindo aquele raio de Camaro Amarelo. Ainda bem que a música modinha passa, mas é uma pena que outra entre em seu lugar.
Essas 'repetições de músicas repetitivas' acabam fazendo você conhecê-las, querendo ou não. Acontece que eu não quero muito ouvi-las. Não quero com força, então uso desse subterfúgio. Hoje, eu descubro a musiquinha da moda ANTES de ouvi-la, corro para a internet e já escuto uma paródia, afinal, a internet não perdoa. Assim, quando eu estou num lugar e passa aquele carro num som muito alto, tocando o novo sucesso do funk, minha mente não grava essa música, indo direto para a paródia, me fazendo dar altas risadas lembrando da letra comédia.
Para você, leitor, talvez não seja um problema, mas eu me irrito facilmente com isso, de uma forma não saudável, então acabo usando esse subterfúgio para levar a vida leve! =D

Então agora fique com Amor de Pokemon, paródia de Amor de Chocolate (recomendo que olhem os outros vídeos do canal, são muito bons):


É isso aí. O post de hoje ficou meio 'maomenos', mas acho que consegui falar o que eu queria. O próximo será melhor. Ou não.

Para mais Cuspindo Fogo, clique aqui.

Se gostou, espalhe pelas redes sociais e recomende a seus amigos, caro navegante!
Aproveite e curta nossa página no facebook!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

10 comentários:

  1. HAHAHAHHA!
    ADOREI KAIO!
    Detesto essas músicas, acho que minha maior façanha é ter fugido no carnaval e do mundo por uns tempos e NUNCA ter ouvido Lepo Lepo! :)
    Não conhecia esse Amor de pokemon! Achei muito bom! #pormenosmusicaruim!


    um beijo Lara
    http://meusmundosnomundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que gostou, Lara! Fico feliz!
      Eu tbm tenho muito orgulho por ter consegui fugir do carnaval!
      #pormenosmusicaruim! Eu apoio!
      Bjo!
      =D

      Excluir
  2. ainnn Gzuiss.... rindo litros!
    Kaio, obrigada!!! ;)
    Nunca mais lembrarei da Anitta kkkkkkkk
    Gostei da publicação, plano B para música chiclete será pesquisar parodias!
    :)
    bju's Ju.

    Visite - Tão Bom Quanto Pizza

    ResponderExcluir
  3. Adoro paródias e versões de música!! Realmente, ter a letra da paródia na cabeça ajuda bastante pra tirar a original da mente!
    Tem muita música dessas que eu nunca cheguei a ouvir, felizmente, mas as vezes é impossível escapar: mesmo não vendo TV, sempre tem algum idiota com som alto no carro...

    Abraços,
    Thiago - Blog GentleGeek

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, Thiago!
      Eu também parei de assistir tv há algum tempo, é realmente um alívio!
      Abraço!
      =D

      Excluir
  4. Quanta criatividade! HAHAHAHA

    As redes sociais são muuito (ir)responsáveis por isso. Eu me lembro que não sabia o que era Lepo Lepo mesmo quando já era o maior "sucesso" (sim, sou um pouco alienada). Entrei no Facebook e vi um monte de gente falando disso. Foi então que tive a péssima ideia de entrar no YouTube e ver do que se tratava. Demorou um tempão pra tirar essa letra da minha mente e agora, bastou eu escrever o título da música que a letra está querendo voltar a me assombrar.

    Tchau, preciso ir pro YouTube procurar uma paródia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! HAUHAUAAUH

      Pois é, já caí nessa de ir descobrir o que raios tanto falam por aí e me deparo com essas 'coisas'!

      Pois veja! Funciona!
      HAUHAUAHUAH
      =D

      Excluir
  5. KKKKKK
    Amei! Amei!
    Amei os vagabundas, o pior é que eu gosto tb da musica original.
    Vou usar sua técnica.
    Beijooos
    Visite - Tão Bom Quanto Pizza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que gostou!
      Use, depois me fale se deu certo!
      Bjo!
      =D

      Excluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!