segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

[Livro] O Guia Do Mochileiro das Galáxias - Douglas Adams

Olá, pessoas!
Hoje o papo é livro!

Ao ler este livro, cumpri a meta "Um livro que você consegue ler em um dia" do Reading Challenge 2015!

O Guia do Mochileiro das Galáxias:

Autor: Douglas Adams
Série: O Guia do Mochileiro das Galáxias #1
Subtítulo: Volume Um da Trilogia de Cinco
Título Original: The Hitchhiker's Guide to the Galaxy
Edição: 2
ISBN: 9788599296943
Editora: Arqueiro
Ano: 2009
Publicação Original: 1979
Páginas: 160
Tradutor: Carlos Irineu da Costa, Paulo Fernando Henriques Britto
Sinopse: Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect.
A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do mochileiro das galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.
Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.

Não entre em pânico.

Este texto é livre de spoilers!

Primeiro livro da trilogia de cinco, O Guia do Mochileiro das Galáxias narra a história de Arthur Dent, que escapa por pouco da total destruição da terra graças a seu amigo Ford Prefect, um mochileiro das galáxias que estava na terra fazendo pesquisas para a nova edição de O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Por que as pessoas nascem? Por que elas morrem? Por que elas passam um tempo tão grande entre o nascimento e a morte usando relógios digitais?

Livro fácil de ler, com um humor que irá arrancar boas risadas de qualquer leitor, além de contar com uma história envolvente e com os melhores personagens da galáxia.
Alguns capítulo e vários trechos de tantos outros são basicamente verbetes de O Guia do Mochileiro das Galáxias, uma enciclopédia sobre tudo o que há no universo. Se você não der boas risadas com isso, vá ao médico.

As naves pairavam imóveis no céu da mesma forma como os tijolos não o fazem.

A história de Douglas Adams é muito bem elaborada e já notamos isso no começo, quando conhecemos Arthur Dent, um britânico que tentava impossibilitar a demolição de sua casa para a construção de uma via expressa, e tem seu paneta destruído para a destruição de uma via expressa espacial. Toda a trama é interligada e os acontecimentos de antes são intrinsecamente ligados aos acontecimentos de depois. Fora os personagens diversos, como Marvin, o Androide Paranoide, um robô extremamente inteligente e altamente depressivo.
Adams, ao tentar prever como seria a alta tecnologia, as vezes nos surpreende com um aparelho sensível ao toque muito parecido com o touchscreen, e as vezes nos arranca risada, com um rádio sensível a movimentos, mas que é necessário ficar bem quietinho para escutar uma estação.

Gostaria de ressaltar alguns fatos para o senhor. O senhor sabe que danos esse trator sofreria se eu deixasse ele passar por cima do senhor? Absolutamente zero.

O livro satiriza muitos aspectos da humanidade, como rotina, coisas que damos importância, mas não deveríamos ou a política. Então, é um livro de humor, mas não gratuito, não é raso. É um bom livro que utiliza de um humor quase non-sense pra contar uma excelente história.

"Uma das coisas que Ford Prefect jamais conseguiu entender em relação aos seres humanos era seu hábito de afirmar e repetir continuamente o óbvio mais óbvio, coisas do tipo Está um belo dia, ou Como você é alto, ou Ah meu Deus, você caiu num poço de dez metros de profundidade, você está bem?. De início, Ford elaborou uma teoria para explicar esse estranho comportamento. Se os seres humanos não ficarem constantemente utilizando seus lábios – pensou ele –, eles grudam e não abrem mais. Após pensar e observar por alguns meses, abandonou essa teoria em favor de outra: se eles não ficarem constantemente exercitando seus lábios – pensou ele –, seus cérebros começam a funcionar. Depois de algum tempo, abandonou também essa teoria, por acha-la demasiadamente cínica, e concluiu que, na verdade, gostava muito dos seres humanos. Contudo, sempre ficava muitíssimo preocupado ao constatar como era imenso o número de coisas que eles desconheciam."
A obra começou como um programa de rádio pela BBC. Depois de publicado o livro, teve várias adaptações, como série de tv, quadrinhos, jogo para computador e até um filme, lançado em 2005.
A série conta com mais 4 livros escritos por Douglas Adams e um sexto livro escrito por  Eoin Colfer, autor da série Artemis Fowl.
Na edição lida, há um pequeno texto sobre Douglas Adams no prefácio, escrito por Bradley Trevor Greive, autor de "Um Dia Daqueles". 


OS DRAGÕES DE FOGO RECOMENDA O GUIA DO MOCHILEIRO DAS GALÁXIAS!!!

Nota: 5 Canecas de Hidromel!!!


Para mais livros, clique aqui.

Por enquanto é isso.
Até mais, e obrigado pelos peixes!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

24 comentários:

  1. Acho que posso dizer que o Douglas Adams é meu autor preferido. Amo o Guia dos Mochileiros. Todos os cinco livros da trilogia uahsaushua

    http://rotaseis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo. Douglas Adams e Stephen King são meus autores preferidos, com certeza!
      =D

      Excluir
  2. Tenho toda a coleção aqui em casa, estou lendo o 4. Douglas Adams é um gênio da ficção científica, e fico muito feliz quando vejo uma resenha por aqui, porque nem tanta gente conhece com essas modas de livros de ultimamente. Eu queria dizer que acho todos incríveis, mas infelizmente considero o primeiro o melhor e em minha opinião os outros decaíram um pouco, mas sem perder a criatividade de Douglas, claro.
    Desfocando Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Natália!
      As pessoas estão se perdendo um pouco nessa entulhada de livros para vender.
      Eu também prefiro o primeiro, mas gosto bastante de todos!
      =D

      Excluir
  3. Eu acho esse livro fantástico. Já li duas vezes e assisti o filme inúmeras (mesmo com as modificações). Não gostei tanto da sequencia, até por isso não li os outros três ainda, mas pretendo fazer a releitura do segundo para tentar mudar a má impressão.

    http://cantinadolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca assisti o filme, acredita?
      Poxa, tomara que tire essa impressão mesmo; Também acho que decai um pouco, mas ainda acho os cinco livros fantásticos!
      =D

      Excluir
  4. Oi, Kaio!
    Eu a-do-ro esse livro com todas as minhas forças, mas parei de indicar por motivos que: nem todo mundo entende o humor de Douglas Adams! Hahaha. É meu livro preferido da série, achei que os outros foram bem menos engraçados do que o primeiro; mas ainda sim é uma das minhas séries preferidas!
    Ainda não vi o filme, acredita? Tô tão atrasada nos meus filmes que dá até desespero, só de pensar! Hahaha.
    Bjos,

    Mari
    Mari The Reader

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari!
      Verdade!!!
      Eu também acho o primeiro melhor, mas gosto bastante de todos. Douglas Adams é bom mesmo quando é ruim!
      Eu também não vi! Bate aqui o/
      =D

      Excluir
  5. Oi, Kaio!
    Esse livro me deu um certo trabalho rsrs, foi difícil concluir a leitura, pelo fato dele ser tão singular e diferente de tudo que já li. Demorei pra me adaptar a escrita de Adams, mas depois que o fiz, a leitura desse e dos livros seguintes fluíram muito bem! Adorei a série!
    Aaaah, já ia me esquecendo, tô adorando o layout do blog! Tá demais!
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaahhh, que bom que gostou Karina!
      É bem diferente mesmo, beira o non-sense.
      Eu amo a série toda, de verdade! HUHAUAHAU
      Obrigado!!!
      Beijo!
      =D

      Excluir
  6. Esse livro está na minha lista de favoritos. O autor é genial e o enredo é incrível. Impossível não adorar!


    http://desbravadoresdelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Genial. Essa é realmente a palavra correta para descrever Douglas Adams!
      =D

      Excluir
  7. Ano passado eu finalmente li esse livro, depois de anos querendo, e achei ele muito bom, concordo que ele merece 5 canecas :D

    Abraços,
    Thiago - Blog GentleGeek

    ResponderExcluir
  8. Eu li esse livro esse mês, e já tenho toda a coleção, é muito boa e pretendo ler um livro a cada mês do ano.

    http://criativosounao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Thales!
      Já leu o resto? Espero que tenha curtido!
      =D

      Excluir
  9. Olá Kaio,
    Esse é um excelente livro, para quem gosta de uma narrativa fluida e irônica. A "trilogia de cinco" do Douglas Adams é leitura obrigatória até para quem não curte o gênero. Li também o sexto, mas apesar de gostar o Colfer o livro não pode ser considerado uma continuação, e sim uma homenagem.

    Parabéns pelo post!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Elias!
      Sempre fico em dúvida se leio ou não o sexto e acabo não lendo. Fico com receio.
      Gosto muito do Guia, de verdade. Li outro livro do Douglas Adams e é exatamente do mesmo jeito, o mesmo tipo de humor. Douglas Adams é um mito!
      =D

      Excluir
  10. Olá!
    Bom, eu reli esse livro há alguns dias porque resolvi continuar a ler a série O mochileiro das galáxias, que eu tinha lido até o terceiro livro e parado. Enfim, retomei a leitura dos livros e mais uma vez estou me divertindo muito. Esses livros são mesmo aquele tipo que você quer ficar mostrando pra todo mundo certo trecho, e entre esses trechos que eu mais gosto, sem dúvida está este da "teoria" do Ford.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Exato, Cris! Não importa quantas vezes você lê, é sempre fantástico!
      =D

      Excluir
  11. Oi Kaio, eu ameeeei esse livro. Bem meu tipo de humor e não poderia concordar mais com você quando diz que é um livro bem elaborado. Achei o escritor simplesmente incrível em todas as piadinhas e críticas.

    Abraço
    Que nerdisse Alice!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jéssica!
      Douglas Adams é incrível mesmo! Recomendo que vc leia os livros do Dirk Gently que estão saindo agora. Adams continua ironico como no guia!
      =D

      Excluir
  12. Muita gente falando desse livro. Vou procurar para comprá-lo em breve.

    Saudações literárias!
    Blog" | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!