quinta-feira, 22 de outubro de 2015

[Livro] Limbo - Thiago d'Evecque

Olá, pessoas!
Hoje o papo é livro!

Limbo:

Autor: Thiago d'Evecque
Edição: 1
Editora: Publicação Independente (Amazon)
Ano: 2015
Páginas: 165
Sinopse: O Limbo é para onde todas as almas vão após a morte. Além de humanos, deuses esquecidos e espíritos lendários também vagam pelo plano. Muitas almas sabem exatamente onde estão e por que; a maioria, entretanto, ainda tem a impressão de estar viva. A morte é um hábito difícil de se acostumar.
Um dos espíritos residentes no Limbo acorda sem nenhuma lembrança de sua identidade. Ele descobre que a Terra está prestes a ser destruída pelos próprios humanos e fica encarregado de enviar doze almas heroicas de volta. Elas reencarnarão no plano dos homens e tentarão reverter o quadro apocalíptico.
Contudo, poucas almas encaram o retorno com bons olhos. O espírito deve, então, forçá-las. Armado, de preferência. Assim, resolve visitar um velho amigo: Azazel, anjo ferreiro e primeiro escolhido da lista.
O espírito descobre mais sobre quem realmente é, ouve uma versão completamente diferente sobre a rebelião dos anjos e é presenteado com uma surpresa de péssimo gosto.
LIMBO mistura elementos e referências de videogames, RPGs, HQs, animes, mangás, filmes, séries e livros. De Lovecraft a Final Fantasy, é uma homenagem às influências que marcaram o autor.

"É engraçado como a covardia é universalmente desprezada. A infâmia que gera independe de sociedade, época ou indivíduos. Não importam a situação, as condições, o que está em jogo, nem o que você pode estar abrindo mão — fugir, desistir, abster-se de um ato, mesmo que suicida, é uma desonra aos olhos do mundo. Na verdade, quanto mais suicida, maior a honra concedida ao feito. Existe um fanatismo pela coragem, e o fanatismo não é virtude. O que é universalmente admirado também é admirado por idiotas."

Este texto é livre de spoilers!

O cenário é o Limbo, lugar para onde vão os mortos, lar das criaturas esquecidas. Um dos espíritos residentes acorda sem saber quem é, sabe apenas de sua missão: enviar doze almas de volta à Terra, que se encarregarão de ajudar a humanidade, pois o fim é iminente. O fantasma, munido de uma arma espiritual, vaga pelo Limbo em busca de seus escolhidos, ao mesmo tempo em que vai descobrindo mais de seu passado.

Uma ode às mitologias, Limbo é um livro fluido, original e cativante. Basicamente, cada capítulo mostra uma das doze almas, quem são, seus passados, suas personalidades e o que representam.
O livro é um misto de gêneros, por assim dizer, mas prevalesse a fantasia. Tem toques de niilismo, boas lutas, reflexões filosóficas e um ótimo alívio cômico.

A história é bem linear e, como capítulo se refere a um personagem e o ambiente que o cerca, o livro parece um jogo que você passando de fase até chegar no "chefão" (Quem assistiu a saga das doze casas, em Cavaleiros do Zodíaco, sabe muito bem do que estou falando. Óbvio que sem aquela perda de tempo que era correr pela escadaria infinita do Santuário). Pelo mesmo motivo, é bem diversificado, de impossível monotonia. Cada parte é um ambiente diferente, um personagem diferente, uma discussão diferente.
Personagens, esses, tirados direto da lendas e mitologias que rodeiam o globo. Podemos citar alguns, como Sherazade, protagonista de "Mil e Uma Noites", épico onde é apresentado histórias como Aladdin e Ali Babá e os Quarenta Ladrões; e Roland, guerreiro do exército de Carlos Magno, que teve seus feitos mistificados pelos bardos e pelo passar das eras.
Impossível não se encantar com esses personagens, cada um ao seu modo. Quem gosta de mitologias, como eu, vai adorar. Quem não conhece muito, não tem problema, os feitos de cada um é contado no livro e adaptado para se encaixar na historia de Thiago d'Evecque.

Por ser pequeno e bem escrito, a leitura é muito rápida. A escrita do autor é impecável. Cativante e cheia de referências. Consegue abordar alguns temas debatido por Nietzsche ou Descartes sem complicar, ao mesmo tempo que várias tiradas sarcásticas são feitas. Mesmo sendo completo e com tudo encaixado, fica um gosto de quero mais. Talvez um novo volume sobre as almas que reencarnaram na Terra? Ou uma versão detalhada para a condenação dessa alma fantasmagórica a vagar pelo Limbo? Não sei, sei que quero mais.

A edição é em ebook, lançada em 2015, com uma capa muito linda, vendida pela Amazon. Ao fim, tem notas do autor sobre cada personagem e algumas referencias contidas no livro.

Em suma, um ótimo livro de fantasia, personagens icônicos e bem caracterizados, escrita fluida e repleto de discussões, lutas e humor. Ah, e referências. Muitas referências.

Nota: 5 Canecas de Hidromel


Sobre o autor:


Thiago d'Evecque é escritor, jornalista e carioca. Movido a café, escreve sobre literatura, games, séries, vida, universo e tudo mais no site pequenosdeuses.com.br
Seu primeiro livro, Limbo, é uma grande homenagem às influências que o marcaram. Thiago misturou elementos e referências de videogames, RPGs, HQs, animes, mangás, filmes, séries e livros. De Lovecraft a Final Fantasy, Limbo está repleto de menções e pequenos tributos à cultura nerd.

Site | Amazon | Twitter | Facebook | Instagram | Skoob



Até mais, e obrigado pelos peixes.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

21 comentários:

  1. Oi, Kaio! Tudo bem?
    Cara, a capa desse livro ganha qualquer um! Eu que não leio livros digitais sou louco pra ler ele!!

    Abraço
    mundoemcartas.blogspot.com.br
    Sorteio de "Quem é você, Alasca?" -> http://goo.gl/Zz25B0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, valeu mesmo, Markus! A capa é linda mesmo, né? Todos os créditos vão para o trabalho incrível da Marina Ávila. Ela é capista profissional e costuma trabalhar para a Rocco e outras editoras.

      Se resolver ler Limbo, espero que curta! E se a leitura te fizer mudar de ideia quanto a ebooks, serei o autor mais feliz do mundo! hahahha

      Abraços!

      Excluir
    2. Hey, Markus!
      A capa é fantástica mesmo!
      Pois eu recomendo que leia. Não tenho costume de ler ebooks, mas valeu a pena!
      =D

      Excluir
  2. Oi, Kaio! Muito obrigado pela resenha e pelo carinho. Fico muito feliz por ter curtido o livro :)

    Escrevi Limbo pensando em uma obra única, deixando as lacunas — e a conclusão do trabalho do espírito — para a imaginação dos leitores. Mas, claro, quem sabe não bolo uma continuação ou história paralela um dia?

    Novamente, agradeço imensamente pelo seu tempo na leitura e na resenha.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thiago!
      Eu que fico muito feliz pelo contanto e pela confiança!

      Sim, o livro é bem completo. Ficam lacunas, mas nem tudo precisa de palavras para ser dito, não é verdade? O livro é bom assim, não sei bem se uma continuação seria a melhor escolha, mas esse universo é tão rico, algo paralelo a essa história viria a calhar ;D

      Eu que agradeço!!! Amei ler o livro!
      Abraço!
      =D

      Excluir
  3. Essa história é muito boa, e às vezes me pego com saudades do Cacá! rs
    Que bom que leu esse livro, Kaio! Eu li há algumas semanas e também gostei muito, uma história de se recomendar, realmente. :)
    Sem contar que o d'Evecque é irreverente não apenas na escrita, mas também como pessoa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Cacá! Um dos pontos altos do livro, com certeza, mas não quis falar pra não estragar a surpresa!
      Opa! Sempre bom conhecer novas obras!
      Deu pra notar com o pouco que conversei com ele!!!
      Agradeço a visita!
      Você já um dos meus novos autores favoritos!!
      =D

      Excluir
    2. Só vi o comentário hoje. Muito obrigado pelo apoio, Mike! É um prazer tê-lo como companheiro de escrita e CAF.

      Abraços!

      Excluir
  4. Oi Homem das Cavernas, adorei sua resenha, este livro tem uma capa linda, uma premissa incrível né?! Necessito dele para ontem, beijos

    dicasdaisacereser.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isa!
      Obrigado!
      Necessita mesmo, bora ler esse livro!
      Bjo!
      =D

      Excluir
    2. Espero que tenha a oportunidade de ler e curta o Limbo, Isamara :)

      Abraços

      Excluir
  5. Em primeiro lugar, parabéns pela resenha, gostei demais!

    Esse livro parece ser muito bom, eu ainda não o conhecia, mas gostei da premissa dele, amo livros que envolvem morte, fantasia, coisas sobrenaturais e etc. Espero poder ler ele um dia!

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, de verdade!!!
      Ah, então você vai adorar esse!
      Também espero que possa ler, vale a pena!
      Bjo!
      =D

      Excluir
    2. Opa, eu também espero Nazare! E conhecer a sua opinião sobre a obra seria muito recompensador pra mim.

      Abraços!

      Excluir
  6. Se eu passo em uma livraria e vejo uma capa dessa, já fico tentado a comprar. A proposta do livro é sensacional e pelo que você descreveu, vale a pena ler. Histórias originais e com um bom enredo enchem os olhos de qualquer leitor, principalmente por ser obra nacional. Já quero ler.

    Cantina do Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também!!!
      Vale mesmo, Carlos! Quando puder, leia sim!
      =D

      Excluir
    2. Olha, Carlos, se Limbo tiver edição impressa, vou tentar colocá-lo no seu caminho, como quem não quer nada, só pra você ficar tentando então hahahah.

      Espero que possa dar uma chance para a versão digital, de qualquer forma.

      Abraços e muito obrigado pelo interesse!

      Excluir
    3. Tentado*

      Ruinzão não poder editar, né? Hahahah

      Excluir
  7. Opa, referências a mitologia, videogame e Cavaleiros do Zodíaco?! Já gostei do livro! rsrsrs
    Gostei muito da premissa e já fiquei interessada em adquirir na Amazon, sempre fico animada quando descubro novos títulos da Fantasia Nacional, e este parece ser muito bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha autora parceira <3
      Sim, de monte!!! HAUHAUHAUHA
      A fantasia nacional tá demais mesmo!!!
      Recomendo muito Limbo, de verdade! Um baita livrão!
      =D

      Excluir
    2. Ahhh que felicidade saber disso, Hidaru! Se puder ler, espero que curta :) E será um prazer ouvir o que achou do livro.

      E Kaio, obrigado demais pela recomendação.

      Abraços!

      Excluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!