segunda-feira, 9 de novembro de 2015

[HQ] Assassinatos na Rua Morgue - Edgar Allan Poe

Olá, pessoas!
Hoje o papo é história em quadrinhos!

Assassinatos na Rua Morgue:

Autor: Edgar Allan Poe
Adaptação: Carl Bowen
Ilustrador: Emerson Dimaya
Tradução: Cassius Medauar
Título Original:  The Murders in the rue Morgue
Edição: Volume único
Páginas:  72 páginas
Editora: Farol HQ
Sinopse: A clássica história de mistério escrita por Edgar Allan Poe no século XIX chega agora em uma adaptação para os quadrinhos. A busca de um homem para solucionar um misterioso assassinato é retratada em ilustrações de arrepiar. Dupin foi o primeiro detetive de novelas policiais, e influenciou Arthur Conan Doyle na construção de seu mais famoso personagem, Sherlock Holmes.

Houve um assassinato. Dois, na verdade. Sou Auguste Dupin, um detetive. Mas não um detetive comum, se me permite. Meu intelecto é tão aguçado que já resolvi esse caso. Quer saber quem é o assassino? Você pode achar que sim, mas tenho minhas dúvidas, pois a resposta vai chocá-lo. Você vai me dizer que é humanamente impossível. Até absurdo. E eu responderei... que é mesmo!

Mas aconteceu mesmo assim. E mostrarei a você como foi...

Este texto é livre de spoilers!

Assassinatos na Rua Morgue, um grande clássico policial de Edgar Allan Poe, agora em quadrinhos pela Farol HQ, selo da Farol Literário.
O detetive Dupin e seu amigo narrador sem nome se deparam com um caso bizarro nos jornais: Mãe e filha são brutalmente assassinadas em suas casas e ninguém sabe quem foi ou o porquê. A policia, então, prende um suspeito, amigo de Dupin. O detetive resolve investigar por conta própria e, usando de seu intelecto privilegiado, vai em busca do assassino.

A princípio, fiquei com o pé atrás em relação a essa HQ, pois os contos de Poe são prestigiados pelo modo do escritor narrar. Poe traz um ambiente soturno através da narração e, pra mim, uma HQ poderia tirar essa qualidade da história.
De fato, a HQ prende o leitor mais pelo suspense de descobrir os mistérios, diferentemente do conto original, mas, mesmo assim, vale a pena.

A história é muito boa, apesar de curta. O mistério e as pistas vão pairando pela mente do leitor e nada faz sentido, mas de repente vem Auguste Dupin e diz já ter solucionado o crime.
Auguste Dupin foi o precursor das histórias policias, influenciando a criação de Sherlock Holmes, de Sir Arthur Conan Doyle e Hercule Poirot, de Agatha Christie, por exemplo.

A ilustração é boa e eu achei que faz jus ao clima de Edgar Allan Poe. No fim da HQ, há umas informações sobre Poe, sobre a história original e sobre o adaptador e o ilustrador, além de um glossário (meio sem necessidade, creio eu).

 

Em suma, um ótimo passatempo, mas nada tão profundo como a obra original.

Nota: 3 Canecas de Hidromel!



Até mais, e obrigado pelos peixes!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

12 comentários:

  1. Fala, Kaio. Beleza, cara?

    Não sou fanático em HQ, mas leio alguns.
    Quem sabe eu leia este que você resenhou que por sinal, tem uma resenha muito boa!

    Abraços!
    Daniel Moraes
    Participe do sorteio #SomosTodosIguais no Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  2. Oi Kaio,

    Eu só imagino o quanto deve ser difícil adaptar para os quadrinhos uma obra do Poe. Já li uma outra que adaptava O Escaravelho de Ouro, O Método do Dr. Alcatrão e do Professor Pena e A Queda da Casa de Usher, mas dentre as três, só gostei mesmo da Casa de Usher. Acho que muito da atmosfera se perde nesse processo, mas é interessante pra quem tá querendo conhecer.

    Nunca li o conto Assassinatos na Rua Morgue, mas pelo que você falou parece ser bom, hein? Na verdade, é Edgar Allan Poe, então não precisa de muita explicação. Sobre a hq em si, gostei bastante das ilustrações. :D

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu já tinha lido o conto original. Acho que é que nem quando a gente lê o livro e depois vai ver o filme, sabe? Algumas coisas se perdem, mas vale a experiência. As vezes xD
      A Queda da Casa de Usher é MUITO BOM! Eu gosto bastante.
      As ilustrações são bacanas mesmo, comprei mais por causa disso!
      Bjo!
      =D

      Excluir
  3. Já li o livro faz bastaaaante tempo e acho que por isso não me agradou tanto. Achei um tanto confuso (na época). Agora, ano depois, não lembro como a história se desenrola, mas, como curto bastante ler quadrinhos adaptados de livros, essa pode ser uma boa pedida para revisitar a obra. Excelente review, ainda que tenha achado "raso".

    Visite: Cantina do Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, acontece isso mesmo. Poe é meio complicado mesmo, mas recomendo que dê uma nova chance!
      Obrigado!
      =D

      Excluir
  4. Oi Kaio!
    Quero muito ler algo do Poe, vejo tantos elogios.. ok, 3 canecas de Hidromel não me empolgam tanto.
    Mas o fato desse livro ser HQ me dá uma animada até.
    Gostei da resenha.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Recomendo que leia os contos, a atmosfera é magnífica.
      Se preferir, leia uma hq mesmo, as ilustraçoes são boas, mas que seja apenas a porta de entrada!
      Obrigado!
      Bjo
      =D

      Excluir
  5. Oi! Eu nunca li nada do Poe, você acredita? Pior que sempre fico com vontade de ler mas acabo pegando outras coisas e deixando de lado. Um erro enorme meu.
    Achei interessante a ideia dos quadrinhos, talvez por ser algo mais ~moderno~ isso traga mais leitores para o autor e seus contos. É uma boa porta de entrada.

    Sobre o livro do Corey: Eu recomendo muito. Ele fala bastante coisa interessante, sobre os sete pecados capitais e relaciona com a vida dele. Ele também fala bastante merda, mas isso é normal dele. Foi lançado no Brasil em 2013 pela BestSeller, um selo da Record. Eu ainda espero os outros dois livros dele. :(

    Beijos
    SIL ~ Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Poxa, recomendo muito que legal. É muito bom!
      Ah, eu quero muito ler esse livro, com certeza vou atrás, mesmo com as merdas do Corey! xD
      Bjo!
      =D

      Excluir
  6. Oi Kaio!
    Eu adoro esse conto, está em um dos livros mais antigos que tenho e perco a conta de quantas vezes reli! Não sabia desta HQ e fiquei interessada, apesar de a narrativa característica do autor ter se perdido um pouco. Deve ser incrível ver a estória pelas ilustrações. Adorei a resenha! :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Eu também adoro! Poe é muito bom!
      Talvez você que já esteja familiarizada com a escrita dele, goste de um visão diferente, como quadrinhos!
      Ah, obrigado!!!
      Bjo!
      =D

      Excluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!