quarta-feira, 4 de maio de 2016

[Filme] Whiplash

Olá, pessoas!
Hoje o papo é filme!

Whiplash – Em busca da perfeição:

Título Original: Whiplash
Ano: 2014
Duração: 106 minutos
Gênero:  Drama
País: E.U.A.
Direção: Damien Chazelle
Roteiro: Damien Chazelle
Elenco: Miles Teller, J. K. Simmons, Paul Reiser, Melissa Benoist, Austin Stowell, Nate Lang
Sinopse: Andrew Neiman é um estudante baterista de jazz do melhor conservatório dos Estados Unidos. Pretende ser um dos grandes músicos, tendo como ídolo Buddy Rich.
Terence Fletcher é professor do conservatório. É extremamente exigente com seus alunos e está a procura de músicos para a banda da escola. Recruta Andrew, que ainda é baterista reserva em sua turma. Caravan e Whiplash são as principais composições ensaiadas pela banda. Porém os métodos duros de Fletcher podem ser demais para Andrew.

Não tem duas palavras mais prejudiciais na língua inglesa do que “Bom trabalho”.

Andrew é um jovem baterista que sonha estar entre os melhores. Sua meta é ser o baterista principal da Studio Band, regida por Fletcher, um renomado pianista e maestro. Andrew é levado ao extremo e vê que não será nada fácil demonstrar seu valor.

Que filme incrível, meus amigos. O filme acompanha Andrew, um baterista regular, mas que chama a atenção de Fletcher. Esse o leva ao extremo com seu jeito autoritário e perfeccionista. O filme tem uma trama que impressiona. Acompanhando a vida de Andrew, vemos os extremos que um jovem garoto é forçado a chegar. O Fletcher me lembrou o Sargento Hartman (interpretado por Ronald Lee Ermey) do filme Nascido Para Matar, lembra? Muito agressivo e exigente.

Mercado pelo jazz como trilha sonora, o diretor rege o filme como a uma orquestra. Cada detalhe, cada tomada é quase uma melodia. As tomadas de ambiente, ou com os instrumentos musicais em conjunto com a trilha, traz uma sensação agradável aos olhos e aos ouvidos do espectador.


J. K. Simmons está simplesmente sensacional nesse filme. Oscar de ator coadjuvante mais que merecido. As atuações estão ótimas nesse filme, incluindo Miles Teller, mas J. K. Simmons rouba a cena. Transforma-se quase no ator principal. Se o final do filme fosse diferente, talvez ele pudesse até ser considerado o principal.

O protagonista do filme é Andrew, interpretado por Miles Teller. É um garoto retraído, sem amigos e se sente pouco valorizado pela família. Em busca de seus sonhos, ele vai se transformando e crescendo e é incrível como vemos esse avanço ao longo do filme. O Andrew que começa o filme não é o mesmo Andrew que termina o filme. 

O fim é bonito e emocionante. É preciso prestar atenção. Em dado momento do filme há um diálogo em que Fletcher explica algumas coisas que encaixa perfeitamente com o que acontece no desfecho do filme.


O filme como um todo mostra a superação, as tentativas e os fracassos que uma pessoa passa buscando o sucesso. Ou a perfeição, como diz o subtítulo nacional. E a trama passa muito bem essa mensagem em meio a som, sangue e suor.

Resumindo, filme bonito, que transmite uma bela mensagem, com uma ótima direção e boas atuações em que J. K. Simmons rouba a cena. Mais que um passatempo, esse filme vai tocar em você.

Nota: 5 Canecas de Hidromel



Até mais, e obrigado pelos peixes!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

4 comentários:

  1. Esse filme é realmente incrível! A fotografia e a trilha sonora são simplesmente impecáveis, não é? Queria muito ter assistido no cinema para ter a experiência completa, mas, ainda assim, entrou fácil nos favoritos da vida. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. INCRÍVEL E IMPECÁVEL!
      Tbm gostaria de ter visto no cinema e concordo, favoritado fácil fácil!
      =D

      Excluir
  2. Não tem como não apaixonar-se por esse filme. História incrível, personagens fantásticos e atuações perfeitas. Vejo sempre que posso.

    Visite: Cantina do Livro

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz deixando seu comentário!
Obrigado pela visita, volte sempre!
Caso tenha um blog, deixe o link para que eu retribua a visita!